O backend é a parte do sistema que trabalha em conjunto com o frontend, atuando como a “engrenagem” que executa as operações necessárias para obter, consolidar, processar e persistir informações. Toda vez que um usuário interage com o frontend, seja para obter informações ou salvar dados, o backend é acionado para executar essas tarefas.

Assim, podemos dizer que o backend é responsável pelo processamento lógico do sistema, trabalhando em conjunto com o frontend para fornecer uma experiência completa e satisfatória para o usuário. É por meio do backend que os dados são armazenados, processados e transformados em informações úteis para o usuário.

Procura por materiais de Frontend? Busque aqui: Guia Frontend.

Frameworks Java

Ao falarmos especificamente sobre o desenvolvimento de backend, é importante mencionar o Java, que é uma das linguagens mais utilizadas para essa finalidade. Com o objetivo de facilitar a estruturação de projetos, configurações e integrações com outras ferramentas, é possível utilizar frameworks específicos para a linguagem.

Os frameworks de Java oferecem uma série de funcionalidades e recursos que permitem aos desenvolvedores se concentrarem nas tarefas principais do projeto, reduzindo o tempo e o esforço gastos com tarefas secundárias. Além disso, esses frameworks também ajudam a manter um padrão de desenvolvimento consistente, facilitando a manutenção e a escalabilidade do projeto.

Alguns dos frameworks mais utilizados são:

Outros frameworks e bibliotecas

Além da função primária dos frameworks, podemos ter alguns sub-frameworks e bibliotecas especializadas para realizar algumas integrações ou facilidades em nossos projetos. Por exemplo podemos citar:

  • Lombok - Evita códigos repetitivos como acessores, construtores e métodos.
  • MapStruct - Evita cópias repetitivas entre classes com atributos semelhantes.
  • Hibernate - Persistência em bancos relacionais.
  • JUnit 5 - Facilidades para execução de testes.
  • Mockito - Isola dependências para execução de testes unitários.
  • AspectJ - Torna as asserções em testes de forma fluída.

Conclusão

Espero que este material tenha te ajudado a entender um pouco mais sobre as ferramentas e siglas utilizadas no Backend. Deixe seu comentário com sugestões ou contando sua experiência estudando Java :)

Outros materiais

Para outros materiais de Frontend, acesse aqui: Tag Backend